Posts recentes

10 Dicas para aumentar as vendas do seu Hortifruti

Atualizado: 20 de nov. de 2020



Todo mundo gosta de ver um hortifruti bem organizado e coloriodo. Todos nós clientes amamos um hortifruti que enche os olhos e sem dúvida é o departamento mais agradável de um supermercado. Causar esta impressão no seu cliente ao entrar na loja é muito desejável, pois pode reverte-se em vendas não somente para o departamento, mas também em outras categorias da loja.


O hortifruti é um departamento que requer muita atenção, porque está num grupo de produtos muito importante atualmente em um supermercado, que é o de produtos perecíveis. Esse grupo tende a representar entre 35% a 50% do faturamento em um supermercado, sendo uma grande fatia correspondente às vendas de hortifruti. Por isso, separamos 10 dicas para você aumentar o faturamento e a rentabilidade do seu hortifruti. Confira abaixo.



1- Qualidade.

Produtos de qualidade no hortifruti são o cartão postal da loja porque impactam o cliente. Sendo assim, é fundamental investir na compra e na inspeção da qualidade dos produtos. Sempre busque trabalhar com produtos de primeira nesta seção, pois ainda que sejam mais caros, vão vender muito bem se estiverem com um preço correto. Em contraposição, produtos de segunda podem ser mais baratos, mas causam má impressão e geram muitas perdas por terem menos saída. Outra informação importante é que, mesmo que os itens de primeira sejam mais caros, o preço final não vai sofrer grande aumento, pois os produtos de hortifruti costumam ter um valor acessível, de modo geral.

2- Variedade.

Invista na variedade de produtos nesta seção. Isto ajuda muito a fidelizar o cliente, pois ele sabe que pode ir a sua loja e encontrar o que procura. Encare as perdas decorrentes de produtos de primeira como um investimento na seção, isto porque naturalmente uma boa variedade, incluindo frutas de época ou que são novidade, ajudam a aumentar as vendas.


3- Organize o hortifruti de forma departamentalizada.

Organizar os produtos separando por departamentos, deixa a seção bonita, evita perdas por conta da boa arrumação e facilita a vida do seu cliente para localizar o que deseja. Sendo assim, agrupe em seu layout os produtos em frutas, verduras, legumes, ovos, folhagens e castanhas, evitando misturar tipos de produtos diferentes na seção.


4- Trabalhe com itens embandejados.

Existem dois tipos de produtos embandejados: os que você compra já embalados e os que você embala em sua loja. Você deve trabalhar com os dois tipos pelos seguintes motivos:


  • Comprar produtos já embalados é uma boa alternativa para itens com pouca venda ou que são muito caros. Você pode comprar a quantidade exata que seu giro de vendas comporta, não sendo necessário comprar uma caixa inteira do produto.

  • Embalar produtos na loja ajuda a reduzir as perdas, visto que produtos que apresentam apenas uma parte danificada ou “passada”, podem ser reaproveitados. Basta retirar a parte danificada ou ruim e embalar a parte boa.Um bom corte da fruta, a refrigeração ou a facilidade de consumo aumentam a venda da seção.


5- Faça as compras direto CEASA.

Talvez o item mais importante desta lista sejam as compras. Essa atividade está diretamente ligada a qualidade e ao preço dos itens e, por este motivo, a terceirização da compra deve ser evitada a qualquer custo. Ou seja, se você mesmo não pode ir, deve ao menos ter um colaborador de sua confiança para que o faça.

Ir aos centros de distribuição para comprar estes itens te ajuda a conseguir melhores preços, qualidade melhor nos itens, frutas de época e ainda lhe ajuda a entender como funciona esse setor com mais clareza, lhe dando base para ter melhores resultados. Dica, vá cedo, bem cedo… assim você pega melhores preços e mercadorias.


6- Processamento legumes e verduras.

Como falamos no tópico 4, faça o reaproveitamento de legumes e verduras para reduzir a sua perda. Isto é, processando e embalando itens que estão bons para consumo, mas já não apresentam um bom aspecto para venda direta. Processar estes itens basicamente é agregar valor vendendo facilidade. Por exemplo, um abacaxi está com uma parte ruim, descasque-o, corte-o, coloque em bandeja com papel filme e venda-o gelado. Você recupera um produto, agrega valor a ele com uma margem maior e deixa sua loja sofisticada. Use sua criatividade, venda saladas prontas, legumes picados, etc.


7- Acompanhe o preços dos concorrentes.

Não durma no ponto, itens de hortifruti mudam muito de preço dependendo de condições climáticas ou demandas de época. Então para não ficar com preço desatualizado, sempre pesquise preços de pelo menos 2 concorrentes, dia sim e dia não, e analise se vai ajustar algum preço em sua loja. Se algum item do concorrente estiver mais caro que o seu, suba um pouco o seu preço, mas deixando alguns centavos mais barato, assim você continua competitivo e ganhando um pouco mais que antes. Se estiver mais barato que os seus preços, veja se dá conta de acompanhar e modifique, caso contrário, procure não ficar muito distante do valor.


8- Faça promoções diárias e semanais.

Os itens perecíveis em geral, de padaria, de hortifruti e de açougue, são o que trazem os clientes diariamente à sua loja. Então faça promoções diárias com menos itens, e semanais, terça e quarta "verde", por exemplo, com mais itens. O cliente se acostuma sempre a ver promoções nesta seção na sua loja e fixa em sua mente que sempre deve ir à sua loja porque o preço é bom. Perceba que disse que o preço é bom, e não que o preço é barato, isso se chama preço justo e não dar de graça.


9- Invista em orgânicos.

Pessoas hoje consomem saúde, seja através de academias, dietas ou tratamentos alternativos. Com a alimentação isso não é diferente. Frutas, legumes e folhagens sempre são associados a uma boa alimentação, por isto invista em produtos orgânicos e coloque em destaque na seção, assim você atrairá um público muito fiel para sua loja.


10- Faça uma lista de reposição diária.

Evite comprar a olho, simplesmente tirando as faltas dos produtos na seção, para isso utilize um sistema ERP ou ao menos uma lista impressa com todos os itens que você vende na seção e com estoque atualizado. Isto evita que se esqueça de algum item causando ruptura ou compra em excesso.


Para saber mais sobre como ter o estoque atualizado, veja nosso post sobre inventários aqui:

https://www.diariodovarejo.com.br/post/saiba-os-principais-tipos-de-invent%C3%A1rio-para-sua-loja




76 visualizações0 comentário
VEJA TAMBÉM