Posts recentes

Brasil pode deixar o top 10 das maiores economias mundiais em 2020

Atualizado: 3 de dez. de 2020





Há décadas nosso país vem fazendo o chamado “voo de galinha” na economia. Diversos modelos e planos econômicos que prometeram crescimento econômico substancial e sustentável ficaram pelo caminho.

O Brasil há tempos procura soluções mágicas e evita fazer sua “lição de casa”. Não investe fortemente e de maneira correta na educação básica e em tecnologia. Não faz as reformas estruturais tão necessárias para desafogar os investidores e empreendedores e tornar o país mais competitivo.

Países muito menores que o Brasil e com bem menos recursos naturais, como é o caso da Coreia do Sul, fizeram todos os “deveres de casa” e colhem os frutos de seus esforços. A Coreia do Sul é, inclusive, um dos países que podem passar o Brasil no ranking das maiores economias mundias em 2020.

Segundo um estudo pautado em dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), o país pode sofrer uma retração no Produto Interno Bruto (PIB) de 28,3% em comparação com o ano de 2019. Seria uma redução de 1,8 trilhão para 1,4 trilhão de dólares americanos.

É notório que o cenário de pandemia é diretamente responsável por essa queda. No entanto, o país há tempos vem patinando em suas políticas sociais e econômicas. Diversos analistas já apontam que economias mais sólidas e equilibradas do ponto de vista fiscal sairão melhor e mais rápido da crise, como é o caso do Japão e da Alemanha, para citar 2 exemplos.

Quem sabe o Brasil não sai mais fortalecido desse ano e faz de verdade sua “lição de casa” nos próximos anos. Já cansamos de ser o país do futuro, queremos é o presente. Não custa sonhar, não é mesmo!?

Fernando Montini é cientista de dados, pedagogo, químico industrial e mestre em Biologia.

Escreve para o blog sobre tecnologia na área de Ciência de Dados, Business Intelligence e Mercado Financeiro.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
VEJA TAMBÉM