Posts recentes

Nova fuga de investimentos no país: quais são os reais motivos?



Há pessoas que insistem em pensar que um país pode viver apenas de seu mercado interno. No contexto global no qual vivemos hoje isso é impossível. Não é só o suposto capital "virtual e especulativo" que vai embora pelo ralo quando um país tenta se isolar do mundo, são também acordos comerciais e questões políticas estratégicas.

O governo do capitão/presidente subiu ao poder dizendo que tornaria as relações internacionais isentas de ideologia ou pelo menos algo mais próximo da neutralidade. A exemplo do lulopetisto, fez opções ideológicas e que estão custando muitos investimentos e posições estratégicas pelo mundo.

Tornar o país um pária internacional, investir no negacionismo científico em assuntos ambientais e de gestão da crise sanitária, fazer sucessivos ataques a países como a China, França, Estados Unidos (na era Biden), desprezo pelas práticas diplomáticas do Brasil (que eram um exemplo para o mundo) e por esse caminho percorre uma longa lista. Tudo isso tem colocado o país em situações difíceis que prejudicam a fabricação de vacinas, o turismo, o comércio, a entrada de investimento...

O fato é que o que se configura no horizonte eleitoral para 2022 é um cenário de ainda mais polarização entre os movimentos populistas em voga: bolsonarismo e lulopetismo. O imbróglio é que quanto mais reativos e violentos esses movimentos se tornam, mais se retroalimentam. Com isso, alguma alternativa política fica completamenta apagada e natimorta.

No fim quem perde ou ganha não é nem o bolsonarismo e nem o lulopetismo. Quem perde é o já cansado e desacreditado povo que pagará todas as contas dos desmandos da classe política. Quem ganha? Alguns poucos que permanecem no poder. O centrão, por exemplo, olha o cenário de caos como abutres esperando um aninal doente à beira da estrada falecer. Não nos sobrará nem os ossos! Até mais!



Fernando Montini é programador, pedagogo, químico industrial e mestre em Biologia. Escreve para o blog sobre Tecnologia e Economia.













32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
VEJA TAMBÉM