Posts recentes

País sofre perdas bilionárias no setor de turismo e hotelaria com a pandemia

Atualizado: 16 de dez. de 2020



Moro num país tropical, abençoado por Deus E bonito por natureza (mas que beleza) Em fevereiro (em fevereiro) Tem carnaval (tem carnaval)”

Trecho da Música “País Tropical” de Jorge Ben Jor

Já dizia o poeta, vivemos em um país de raras belezas naturais e com diversas e riquíssimas manifestações culturais por todo vasto território brasileiro. Digamos que essa é uma mistura que faz do Brasil uma imensa indústria turística. O setor fatura bilhões por ano e gera diversos empregos diretos e indiretos, temporários e permanentes. Do grande proprietário de redes hoteleiras ao vendedor ambulante, muitas pessoas dependem do turismo para sua sobrevivência.

O ano de 2020 não foi nada fácil para o setor. Com o fechamento por meses de cidades e estados inteiros, o setor simplesmente viu virar fumaça todo um mar de gente que procurava o turismo pelo país. Um cenário desolador. Muitos empresários não suportaram e fecharam as portas. Muitas vezes restaurantes, bares e hotéis com anos de tradição viram-se fadados a encerrar suas atividades. Vamos aos números desse triste cenário.

Segundo um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o setor acumulou um prejuízo de R$245,5 bilhões de março a novembro. O setor opera atualmente com cerca de 40% de sua capacidade. O faturamento do setor, no acumulado do ano, deve sofrer uma retração de cerca de 39%.

O caso é que na crista de uma segunda onda de contágios pelo Covid-19 e com as trapalhadas do Governo Federal na organização do Plano Nacional de Vacinação, pelo menos para o próximo trimestre as perspectivas não são tão animadoras. Nesse contexto, os empreendedores de todos os níveis do setor vão juntando os cacos e pensando em novas oportunidades pela frente. Esperamos que a vacinação estanque os desastres dessa catástrofe sanitária e que a alegria volte a fazer parte dos dias vindouros, afinal moramos em um país abençoado por Deus! Até mais!

Fernando Montini é cientista de dados, programador, pedagogo, químico industrial e mestre em Biologia.

Escreve para o blog sobre tecnologia na área de Ciência de Dados, Business Intelligence e Mercado Financeiro.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
VEJA TAMBÉM