Posts recentes

Pix: o que é e para o que serve?


A humanidade tem uma longa história de trocas comerciais. Desde os primórdios da nossa civilização, tivemos diversas formas de trocar mercadorias e fazer negócios. Trocas entre itens desejados como: alimentos e animais foram, possivelmente. a primeira forma de realizar esse comércio. Com o passar do tempo evoluímos para formas mais práticas como o sal ou metais em forma de moedas.

Nas últimas décadas, assistimos a uma grandiosa evolução das tecnologias e com o comércio e a Economia não seria diferente. Ao lado do dinheiro em formato de papel moeda e cheques, utilizamos também cartões e, mais recentemente, os aplicativos das mais diversas instituições financeiras.

Se você possui algum desses aplicativos de alguma instituição financeira é muito provável que tenha recebido algum aviso ou propaganda para cadastrar sua chave para usar o Pix (sistema de pagamento instantâneo) criado pelo Banco Central do Brasil. O Pix, segundo o Banco Central, promete trazer mudanças consideráveis na forma como fazemos transações comerciais. Com um investimento de bilhões em servidores, o Banco Central afirma que a nova tecnologia será muito eficaz e segura.

Para utilizar a nova ferramenta Pix, é preciso cadastrar uma chave através dos canais de atendimento de alguma instituição financeira autorizada a oferecer o serviço. Essa chave pode ser o CPF, e-mail, número do celular ou uma chave aleatória a quem deseja não vincular dados pessoais. Vejamos algumas facilidades apontadas em relação ao novo Pix:


• Faz a transação em torno de 10 segundos;


• Segurança e sigilo nas operações;


• Serviço funciona 24 horas todos os dias da semana;


• Funciona a partir de dispositivos como smartphones;


• É gratuito para pessoas físicas e MEI.

E você? Sente-se seguro para usar a nova ferramenta? Acredita que será uma inovação boa para os usuários? Deixe seu comentário. Abraços.

Fernando Montini é cientista de dados, pedagogo, químico industrial e mestre em Biologia.

Escreve para o blog sobre tecnologia na área de Ciência de Dados, Business Intelligence e Mercado Financeiro.

820 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
VEJA TAMBÉM